Europe Direct

Estado da União 2017 - Pacote de medidas comerciais

Em 13 de setembro, no seu discurso anual sobre o estado da União, o Presidente Jean-Claude Juncker declarou: «Deixem-me dizer isto de uma vez por todas: não praticamos o comércio livre de forma ingénua. A Europa terá sempre de defender os seus interesses estratégicos. É por este motivo que hoje propomos um novo quadro para o escrutínio do investimento. Se uma empresa estatal estrangeira quiser adquirir um porto europeu, uma parte da nossa infraestrutura energética ou uma empresa tecnológica da área da defesa, isso só poderá acontecer com transparência, com escrutínio e com debate. É nossa responsabilidade política saber o que se passa na nossa própria vizinhança, de forma a podermos proteger a nossa segurança coletiva, se necessário».

A Comissão Europeia apresentou hoje propostas para a criação de um quadro europeu para o escrutínio do investimento direto estrangeiro na União Europeia. Paralelamente, a Comissão irá dar início a uma análise pormenorizada dos fluxos de investimento direto estrangeiro que entram na UE e criar um grupo de coordenação com os Estados-Membros para identificar problemas e soluções estratégicos conjuntos no domínio do investimento direto estrangeiro.

+ INFO
http://europa.eu/rapid/press-release_IP-17-3183_pt.htm