APOIO À RECONVERSÃO DE ÁREAS DE ACOLHIMENTO EMPRESARIAL EXISTENTES PARA UMA DIMENSÃO MAIS RESILIENTE, MAIS VERDE E MAIS DIGITAL

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), foi definido um conjunto de reformas e investimentos que contribuem para criar condições para reforçar a competitividade territorial e para promover a atração e fixação de empresas em diversos pontos do país, favorecendo um desenvolvimento mais equilibrado do tecido produtivo, uma reindustrialização desconcentrada no território e uma otimização das cadeias logísticas do país.

A intervenção em Áreas de Acolhimento Empresarial existentes que agora se propõe tem como objetivo criar espaços piloto e de demonstração suscetíveis de criar condições de contexto que contribuam para a melhoria da competitividade das empresas instaladas, em linha com as novas agendas climáticas e digitais, testando soluções integradas, que mobilizem para uma agenda de mudança sobre o papel destes espaços e a sua articulação com a estruturação de clusters e cadeias de valor de especialização produtiva, escaláveis no futuro para outras áreas.

Esta abordagem assume-se ainda como resposta a questões mais abrangentes do PNPOT, complementando os apoios que serão programados no ciclo 21-27 (PT 2030).

O investimento a realizar compreende as seguintes intervenções:

  • Soluções de auto produção de energia renovável, consolidando e aperfeiçoando o conceito de Comunidade de Energia Renovável (CER) Energética associado a Dispositivos de Armazenamento de Energia;
  • Ilhas de Qualidade Energética A+ em AAE, com maior densidade de consumidores;
  • Soluções de carregamento de viaturas elétricas e abastecimento a hidrogénio;
  • Cobertura de Banda Larga Rápida (5G) em AAE  em áreas do interior (com comprovada falha de mercado) para suporte a desenvolvimentos pioneiros sobre a nova tecnologia;
  • Soluções de resiliência ativa a Incêndios.

O  processo de seleção das AAE a intervir envolve duas fases:

  • Fase 1: concurso para a submissão de “manifestação de interesse”, aberto e competitivo (até 15 de setembro de 2021);
  • Fase 2:  processo concursal limitado aos promotores dos projetos identificados na fase 1 , conforme metodologia de seleção consagrada para o Investimento 1 da Componente 7 (AAE) do PRR

A submissão eletrónica de candidaturas de “manifestação de interesse” decorre entre 10 de agosto de 2021 e as 23h59 do dia 15 de setembro de 2021.

As candidaturas relativas a investimentos na circunscrição territorial da CCDR Algarve deverão ser submetidas através do envio de formulário tipo e anexos (formulário AAE disponibilizado abaixo), para o endereço eletrónico prr_aae@ccdr-alg.pt ou por via postal (com registo até à data-limite do aviso) para a respetiva sede (Praça da Liberdade, 2 - 8000-164 Faro)

Mais informações ou esclarecimento de dúvidas através da consulta das FAQ (a disponibilizar em breve) ou através de mensagem para o seguinte endereço de correio eletrónico: prr_aae@ccdr-alg.pt.

 

2021-06-30